Ministério Público do RS pede anulação de sentença de Lula no caso do sítio de Atibaia

Theo Marques/Agência O Globo

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul pediu a anulação da sentença em que o ex-presidente Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão no caso do sítio de Atibaia. O pedido do procurador Maurício Gottardo foi enviado ao Tribunal Regional Federal 4, tribunal que cuida dos processos da Lava Jato em 2ª instância. Gottardo pede que o processo volte à 1ª instância e cita o julgamento do Supremo que definiu que réus delatados devem falar depois dos delatores na fase das alegações finais. Essa decisão pode levar à anulação de várias condenações, mas o STF ainda irá definir qual será o alcance da tese. A decisão cabe ao desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF-4, no julgamento que foi marcado para a semana que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *