Condenada por rachadinha, candidatura de Inês Pandeló deve ser barrada pelo PT

A direção estadual do PT está prestes a pôr fim a um problema que vem se arrastando: a candidatura de Inês Pandeló a uma vaga na Assembleia Legislativa. As informações são da coluna da Berenice Seara, no jornal Extra.

A ex-deputada foi condenada em mais de uma instância (a primeira, em 2013) por improbidade administrativa e segue inelegível — mas, ainda assim, insiste em se manter na disputa.

Entre dirigentes, pesa o potencial desperdício de recursos e tempo de TV, além da percussão política de uma candidata condenada por um tipo de rachadinha.

Foto: Divulgação/Alerj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *