Covid-19: VR manterá oito unidades de saúde abertas neste fim de semana

Como já vinha ocorrendo nos últimos finais de semana, a Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), manterá oito unidades básicas de saúde (UBSs e UBSFs) em funcionamento neste sábado e domingo, dias 15 e 16, ofertando aplicação de doses contra a Covid-19 e testes para diagnóstico da doença. Os locais ficarão abertos das 8h às 18h.

As unidades que ficarão em funcionamento são: 249, São Geraldo, Vila Mury, Volta Grande, Siderópolis, Retiro 1, Siderlândia e São Luiz. Dessas, Retiro 1, Siderlândia, São Luiz e Siderópolis ofertarão o serviço de testagem com auxílio de profissionais de Enfermagem (sem atendimento médico). O teste é indicado para pessoas com sintomas gripais como: coriza, dor de garganta, febre, tosse, dor de cabeça, alteração no olfato ou paladar.

A rede de urgência do município funciona ininterruptamente 24 horas todos os dias. Pacientes com complicações e sinais de gravidade são encaminhados a uma das unidades: Hospital do Retiro (HMMR), UPA Santo Agostinho, Hospital Dr. Nelson Gonçalves (antigo Cais Aterrado) e Serviço de Pronto Atendimento (Cais Conforto).

Vacinação

A terceira dose está sendo oferecida para vacinados com a 2ª dose até 21/10/2021. A quarta dose de reforço é aplicada em imunossuprimidos, a partir de 18 anos, que tenham recebido a 3ª dose há pelo menos quatro meses.

Já quem se vacinou pela primeira vez há 21 dias com os imunizantes: CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer pode receber a segunda dose. A segunda dose da vacina Janssen é aplicada dois meses após a primeira.

Confira abaixo o cronograma de vacinação deste fim de semana

– 1ª dose: Pessoas acima de 12 anos;

– 2ª dose: Para quem tomou a primeira dose com mais de 21 dias dos imunizantes: AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. A segunda dose da Janssen está sendo aplicada após 2 meses da dose única;

– 3ª dose: Para quem tomou a segunda dose até 21/10/2021;

4ª dose: Apenas para imunossuprimidos, a partir de 18 anos, que tenham recebido a 3ª dose há pelo menos quatro meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *