Grávida é agredida e mantida em cárcere privado pelo companheiro em Vassouras

Um jovem de 25 anos foi preso em Vassouras por agredir e manter em cárcere privado a companheira, grávida de 36 semanas. Segundo a Polícia Civil, após uma discussão no último sábado, a mulher começou a ser agredida. A violência começou ainda na residência do casal, no bairro Triunfo. No domingo, a mulher foi levada para um hotel, no Centro, onde foi impedida de sair e vinha sofrendo agressões psicológicas. Segundo a polícia, os dois retornaram para casa no dia passado, mas a mulher passou mal. Com medo de perder o bebê, ela foi até o Hospital de Vassouras, onde relatou o que vinha passando.

A polícia foi acionada e iniciou buscas pelo rapaz, que foi encontrado perto da casa onde mora. Ele relatou aos policiais que estava sob o efeito de drogas e que foi motivado por ciúmes. Levado para a delegacia, ele vai responder por crime de cárcere privado e lesão corporal, podendo pegar até oito anos de prisão. Após receber atendimento médico, a vítima, também de 25 anos, esteve no Instituto Médico Legal, passou por exame de corpo de delito e foi liberada. Ela e o bebê passam bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *