Cuidado em Saúde retoma atendimento no Raulino

Foto: Evandro Freitas

Mais um serviço disponibilizado pela Prefeitura de Volta Redonda está retomando as suas atividades no Estádio Raulino de Oliveira. Desta vez foi o Espaço de Cuidado em Saúde que voltou essa semana as atividades em tempo integral nas instalações da Policlínica da Cidadania Bernardino de Souza. A previsão é que no local sejam realizados mensalmente 100 atendimentos em psiquiatria e 240 em psicologia.

Desde o início da pandemia os serviços estavam sendo realizados na sede da Secretaria de Políticas para Mulheres, Idosos e Diretos Humanos (Smidh) e eram destinados aos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, que estão na linha de frente ao combate a Covid-19. Os casos avaliados como urgentes eram encaminhados ao psiquiatra. Já os atendimentos em Práticas Integrativas eram realizados pelo acupunturista e um profissional nas práticas de atenção plena. Os atendimentos em psicologia e enfermagem eram de apoio às ações de acolhimento, intervenção breve e psicoeducação.

Entre os serviços ofertados no Ambulatório de Saúde Mental Espaço de Cuidado em Saúde estão as consultas médicas individuais em psiquiatria, clínica, psicologia, assistência social, enfermagem, além de acupuntura. A porta de entrada para utilizar os atendimentos é por encaminhamentos que são realizados através das reuniões de matriciamento.

Esses encontros ocorrem entre o ambulatório, o Centro de Atenção Psicossociais (CAPS), o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), a Policlínica da Mulher e Atenção Primaria em Saúde de referências dos casos em pauta. As atividades são realizadas no Estádio Raulino de Oliveira e contam com uma sala para atendimento administrativo, um consultório no segundo andar e outros três no terceiro andar.

Os pacientes estão sendo agendados com intervalo em média de 45 minutos entre as consultas, mais 15 minutos para a higienização. Os consultórios são limpos duas vezes ao dia e as portas, maçanetas, banheiro, cadeiras, mesas são higienizados com álcool 70% após cada atendimento. Os pacientes são orientados quanto ao uso obrigatório de máscaras, mantendo distanciamento e todas as orientações pertinentes às medidas de segurança para evitar a propagação da Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *