MPF move ação para BM estruturar serviços de tratamento de esgoto

Reprodução

O Ministério Público Federal ajuizou uma ação civil pública requerendo que Barra Mansa elabore, em 90 dias, um projeto visando o planejamento e a estruturação do tratamento de esgoto sanitário na cidade. A ação, que inclui também os governos federal e estadual, requer a construção de uma estação de tratamento com capacidade para atender a todo o município.

O objetivo é evitar que efluentes sejam lançados na bacia hídrica da região. Segundo a documentação, o esgoto não tratado atinge sete rios e córregos da Barra Mansa. Além do Rio Paraíba do Sul, são lançados dejetos nos rios Bananal, Bocaina, Barra Mansa e Cotiara, assim como nos córregos Bocaina e Ano Bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *