Vítima de feminicídio é sepultada em Barra Mansa

O corpo de Dulciene Aparecida de Oliveira Silva, de 58 anos, que morreu na manhã da última segunda-feira, na Santa Casa de Barra Mansa, foi sepultado na tarde passada no Parque São Francisco. Dulciene foi esfaqueada na tarde de domingo pelo ex-marido, Ivan dos Santos, bombeiro militar reformado, que foi preso em flagrante. Ele não aceitava a separação e feriu a mulher no peito e nas costas. O crime foi na casa da vítima, no Morro do Cruzeiro. Dulciene chegou a passar por duas cirurgias, mas não resistiu. Ninguém da família deu declarações sobre o caso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *