Sepultado em Pinheiral rapaz de Volta Redonda que morreu na tentativa de assalto a banco em Angra dos Reis

Foi sepultado na tarde do sábado, em Pinheiral, o corpo de Wallison de Oliveira, de 28 anos, que morreu baleado na madrugada da última sexta-feira, em Angra dos Reis, durante uma tentativa de assalto a banco. Wallison, nascido em Volta Redonda, tinha arranjado trabalho numa funerária de Angra dos Reis. Naquela madrugada, ele e o patrão estavam com um amigo em comum, que Wallison se dispôs a levar em casa. Nas proximidades do Cais de Santa Luzia, no Centro de Angra, os marginais que tentaram assaltar a agência do Banco do Brasil, na Rua do Comércio, fugiam trocando tiros com policiais militares. Um dos disparos atingiu Wallison na cabeça, fazendo com que ele perdesse a direção do carro, que capotou. Wallison morreu no local, enquanto o amigo dele ficou ferido por causa do capotamento. Wallison era filho do técnico de radiodifusão Martinho de Oliveira. Ele estava morando em Arrozal, distrito de Piraí.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *