CASO DE ESTUPRO NO INTERIOR DA CSN RESULTA EM PRISÃO

 

CASO DE ESTUPRO NO INTERIOR DA CSN RESULTA EM PRISÃO – O fato aconteceu na última quinta-feira, mas só foi divulgado pela polícia na tarde da sexta-feira. Agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Volta Redonda prenderam no final da noite da quinta, na Usina Presidente Vargas, da CSN, um homem de 38 anos acusado de estupro por uma jovem de 21 anos. Segundo relato da vítima, o crime ocorreu dentro de um galpão da fábrica. Ela procurou a polícia no início da tarde, relatando que havia acabado de ser estuprada. Os fatos foram passados à autoridade policial de plantão que determinou o início das investigações. Segundo a polícia, o setor de segurança da CSN colaborou com as diligências e os policiais civis conseguiriam reconstruir o ocorrido. O suspeito foi preso em flagrante. Ainda de acordo com a polícia, exame de corpo de delito comprovou a violência sofrida pela vítima. O galpão onde o estupro aconteceu fica vazio, servindo como almoxarifado. A vítima, funcionária do programa Jovem Aprendiz, foi levada ao local pelo indiciado, superior hierárquico e líder de equipe. No interior do galpão ocorreu a relação sexual não consentida, segundo a jovem. Policiais civis conseguiram provas que a vítima já vinha sendo assediada pelo suspeito. A empresa emitiu nota afirmando, que, “diante dos fatos narrados pela colaboradora, acionou as autoridades competentes, encaminhando os envolvidos para providências”. Disse ainda que “está prestando toda assistência à colaboradora e auxiliando nas investigações”. Na nota, a CSN acrescenta que “não tolera situações como esta e continuará agindo de forma enérgica no combate e prevenção”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *