Plantão de Polícia 03/09/2019

VIOLÊNCIA EM BARRA MANSA: HOMEM É ASSASSINADO NO SÃO FRANCISCO – Um homem que ainda não foi oficialmente identificado foi assassinado na noite passada em Barra Mansa. Ele foi baleado na Rua José Coutinho de Carvalho, no bairro São Francisco de Assis. A Polícia Militar foi chamada com a informação de que teria havido uma troca de tiros entre integrantes de facções rivais. O Samu também foi acionado, mas os socorristas já encontraram o homem sem vida. A polícia já teria um suspeito do crime. O corpo foi removido de madrugada para o Instituto Médico Legal, em Três Poços.

VIOLÊNCIA EM VOLTA REDONDA: JOVEM É MORTO A TIROS NO COQUEIROS – O crime aconteceu pela manhã no Beco da Esperança, no bairro Coqueiros. RAFAEL LOPES CUNHA DA SILVA, de 18 anos, foi morto a tiros. A Polícia Militar tentou colher informações sobre as circunstâncias do homicídio, mas prevaleceu a lei do silêncio: ninguém sabe, ninguém viu. O corpo de RAFAEL está sendo velado na capela mortuária do cemitério do Retiro, onde será sepultado logo mais, às 11 horas.

IDENTIFICADO HOMEM ASSASSINADO EM ITATIAIA – Trata-se de MÁRIO SÉRGIO ÂNGELO DOS SANTOS, de 32 anos, o homem encontrado morto no último domingo, em Itatiaia. O cadáver estava dentro de uma casa na Rua Juliana Campos Neves, no bairro Vila Esperança, com marcas de tiros. Na residência, a PM apreendeu uma espingarda, mas, aparentemente, a arma pertencia à vítima. A espingarda foi apreendida.

CASAL DE IDOSOS MORTOS EM VOLTA REDONDA É SEPULTADO – PARENTES ESPERAM JUSTIÇA – Foram sepultados na manhã passada no Portal da Saudade, em Volta Redonda, os corpos de JÚLIO MARIA DE MOURA, de 70 anos, e IRENE FAUSTINA DE MOURA, de 75. Os dois foram mortos em casa, na Rua 3-A, no Mirante do Vale, no Retiro. Os corpos foram encontrados no final da tarde do último sábado. Parentes do casal esperam Justiça. A polícia investiga se um homem denunciado por ameaça pelo casal é mesmo o autor do crime. Ele não está sendo encontrado. Duas semanas antes do crime, a mãe deste suspeito, que era vizinho das vítimas, morando numa área cedida pelos idosos, teria sido vista ameaçando também o casal com um pedaço de pau, dizendo que iria quebrar o carro dele. Os desentendimentos começaram porque seu JÚLIO criava cabras e o homem que se tornou seu vizinho porque ele cedeu o local para a moradia, passou a se incomodar com a presença dos animais em seu terreiro.

HOMEM É PRESO EM FLAGRANTE TENTANDO FURTAR MATERIAL DE FERRO EM BARRA MANSA – Um homem que não teve o nome e a idade divulgados foi preso na tarde passada pela Guarda Municipal de Barra Mansa, ao ser flagrado furtando peças de ferro no interior da antiga Edimetal, localizada próxima à Via Dutra, na Vila Maria. O material faz parte da estrutura da antiga indústria. Outros dois homens que estavam com o suspeito conseguiram fugir. A ocorrência foi apresentada na delegacia de Barra Mansa. O comandante da Guarda Municipal, JOEL VALCIR, explicou que essa não é a primeira vez que o local é alvo de ataques de vandalismo e de furto. Ele lembrou que a estrutura da antiga Edimetal tem grande quantidade de ferragem, pois a composição dos galpões é composta basicamente deste material.

DISCUSSÃO SOBRE POLÍTICA TERMINA COM ATROPELAMENTO PROPOSITAL EM RESENDE – Este fato ocorreu no último fim de semana e foi divulgado no dia passado pela TV Rio Sul. Uma jovem de 22 anos, identificada como TAMYRYS TAVARES, foi atropelada por um homem alcoolizado na madrugada de sábado, na Avenida Coronel Mendes, no bairro Manejo, depois de uma discussão sobre política. A vítima, que ficou ferida no pé e com várias lesões pelo corpo, foi atendida no Hospital de Emergência e depois registrou o caso na delegacia de Resende. O acusado, que não teve o nome divulgado, foi preso. Ele tem 34 anos. A jovem, que teve como testemunha um policial civil, contou que estava saindo com a irmã de uma boate, quando o homem, que se dizia militar, começou a conversar com ela sobre política, até que os dois acabaram discutindo. TAMYRYS disse que a irmã a chamou para irem embora e que o homem tentou impedir que ela deixasse o local. A jovem contou ainda que estava na calçada quando foi surpreendida pelo carro dele avançando em sua direção. O homem, que não é militar, foi preso na cantina onde trabalhava. O delegado de Resende, MICHEL FLOROSCHK registrou o caso como tentativa de homicídio doloso, ou seja, com intenção de matar, crime qualificado pela impossibilidade de defesa da vítima. Ele disse que “ninguém pega um carro e joga contra alguém querendo apenas provocar uma lesão corporal”. No dia passado, o homem foi transferido para a Cadeia Pública de Volta Redonda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *