Plantão de Polícia 15-08-2019

SUSPEITO DE TRÁFICO MORRE EM CONFRONTO COM POLICIAIS EM BARRA MANSA – Uma troca de tiros no final da tarde passada, em Barra Mansa, resultou na morte de um jovem de 24 anos. DANIEL PEREIRA GOMES foi baleado na Avenida Perimetral, na Colônia Santo Antônio, durante um confronto com PMs que foram ao bairro averiguar denúncia de tráfico. Segundo registraram os policiais na ocorrência, assim que viu a viatura DANIEL saiu correndo, invadindo quintas na tentativa de chegar a uma área de mato, por onde pretendia escapar da abordagem. Ainda de acordo com os policiais, ao ser ver cercado, ele começou a atirar e eles revidaram, atingindo o suspeito, que morreu no local.

PM APREENDE DUAS ARMAS, MUNIÇÕES E MACONHA EM VOLTA REDONDA – A Polícia Militar apreendeu armas, munições e maconha numa ação, no início da noite passada, no bairro Açude I, em Volta Redonda. Um homem que não teve a identidade divulgada foi preso. A ocorrência foi registrada numa residência da Rua Vereador Acácio da Rocha. Os policiais foram acionados para averiguar uma denúncia. Eles foram recebidos pelo suspeito, que confessou ter armas e drogas na casa. Foram encontrados duas pistolas, três carregadores e 38 munições calibre 9 milímetros, além de 49 tabletes pequenos de maconha e uma touca ninja. O material foi apresentado na delegacia de polícia.

EM OUTRA AÇÃO EM VOLTA REDONDA, HOMEM É PRESO COM ARMA E DROGAS – Neste caso, a ação da Polícia Militar foi no bairro São Luiz. Também através de uma denúncia, os policiais chegaram a uma casa onde apreenderam um revólver calibre 38, duas facas, porções de maconha e cocaína, além de material para embalar drogas e um frasco de fermento em pó. Este produto é adicionado à cocaína para aumentar o lucro dos traficantes. Na casa os policiais apreenderam também uma balança digital e 700 reais em dinheiro. Na delegacia, o preso foi autuado por tráfico e porte ilegal de arma de fogo. O nome dele não foi informado.

BARRA MANSA: JOVEM FOGE, MAS É IDENTIFICADO E PM APREENDE COCAÍNA NA CASA DELE – Foram 2.030 pinos de cocaína encontrados numa casa da Rua Mauro Granato, no bairro Boa Vista, região leste de Barra Mansa. Policiais militares encontraram também uma balança digital, um munição calibre 38 e sete telefones celulares. Quando os agentes chegaram, a entrada foi autorizada por uma jovem de 22 anos, mas o companheiro dela, identificado como MYKE BRYAN PORTO TEIXEIRA, também de 22 anos, já havia fugido pelos fundos. Mesmo com a fuga, ele foi indiciado por tráfico de drogas.

SUSPEITOS DE ASSASSINATO DE COMERCIANTE SÃO PRESOS EM RESENDE – Dois jovens que não tiveram a identidade ainda informada foram presos na manhã passada por policiais civis de Resende, comandados pelo delegado MICHEL FLOROSCHK. Um tem 22 anos e, o outro, 20. Os dois são suspeitos do assassinato do comerciante ENÉSIO FERREIRA DA SILVA, ocorrido em junho deste ano, no bairro Novo Surubi. A vítima foi morta quando fechava seu bar. Os dois suspeitos, segundo o delegado, tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Segundo FLOROSCHK, um deles confessou o crime. Alegou que ENÉSIO foi morto porque seria informante da polícia. O mesmo suspeito disse ainda que ele e o outro preso já praticaram outros delitos, mas garantiu que depois do assassinato se afastou da criminalidade. Ele e o outro foram indiciados por homicídio qualificado. O delegado de Resende informou que chegou à autoria do crime a partir do relato de testemunhas.

FAMÍLIA DE MULHER MORTA EM BARRA MANSA ACREDITA EM HOMICÍDIO E FAZ MANIFESTAÇÃO – A família de RENATA APARECIDA SILVA, de 34 anos, encontrada morta na semana passada sob o viaduto do bairro São Luiz, em Barra Mansa fará uma manifestação logo mais, às 7 da noite, na Rua Geraldo Honório de Resende, onde ela morava, no mesmo bairro. Os parentes acreditam que ela foi assassinada. O corpo nu de RENATA foi encontrado na sexta-feira da semana passada. Não havia sinais de violência, mas a família crê em homicídio. Segundo CLAUDIA MARIA DA SILVA, irmã da vítima, RENATA deixou uma filha de 14 anos. Ela lembra que a irmã trabalhava e garante que RENATA não tinha envolvimento com drogas.

CASAL É PRESO COM DROGAS PELA POLÍCIA RODOVIÁRIA E DESTINATÁRIO É ENCONTRADO PELA POLÍCIA CIVIL – Um jovem de 25 anos e uma mulher de 46 foram presos na tarde passada por policiais rodoviários federais na Rodovia Lúcio Meira, a BR-393, em Barra do Piraí, por tráfico de drogas. O jovem, sem habilitação, conduzia uma motocicleta e tentou fugir de uma abordagem no Belvedere, na entrada da cidade, mas foi impedido. A mulher deixou cair duas sacolas plásticas contendo ao todo 112 tabletes pequenos de maconha. Aos policiais, o rapaz disse que era o dono do entorpecente, mas que tudo era para seu próprio consumo. A desculpa não “colou”. O casal foi levado para a delegacia de polícia de Barra do Piraí. Horas depois, os policiais rodoviários foram informados que o destinatário do entorpecente foi preso pela Polícia Civil de Barra do Piraí. Os detalhes da prisão não foram divulgados, apenas que com ele mais drogas foram encontradas.

PACIENTES DE RESENDE, A CAMINHO DE SÃO PAULO, É ASSALTADO NA DUTRA – Um carro da prefeitura de Resende, usado para levar pacientes em tratamento em outras cidades, foi assaltado na madrugada da quarta-feira em um trecho da Via Dutra entre Caçapava e São José dos Campos, no Vale do Paraíba Paulista. Eles estavam ao caminho de dois hospitais na cidade de São Paulo. Além do motorista, quatro pessoas estavam no veículo. Segundo a prefeitura de Resende, o carro saiu de Resende por volta de uma da madrugada e foi alvo dos bandidos duas horas depois. O motorista contou que os criminosos jogaram objetos perfurantes na pista e conseguiram furar um pneu do veículo. Quando ele parou, os assaltantes chegaram. Eles levaram celulares e a bolsa de uma das passageiras, fugindo em seguida. A concessionária que administra a rodovia ajudou o motorista a fazer a troca do pneu furado e a viagem prosseguiu. Os pacientes retornaram a Resende na noite passada.

POLÍCIA PRENDE 2 HOMENS E APREENDE MENOR EM RESENDE – UM DOS PRESOS É SUSPEITO DE TORTURAR MULHER – Agentes da Polícia Civil de Resende, comandados pelo delegado MICHEL FLOROSCHK, prenderam na tarde passada, em flagrante, dois suspeitos de tráfico de drogas e também por porte ilegal de arma de uso restrito. Eles foram identificados: THOMAZ ALVES DE OLIVEIRA e LEONARDO DE OLIVEIRA. Um adolescente foi apreendido. As prisões foram feitas numa casa da Rua São Francisco de Assis, no Paraíso, dois dias depois de o delegado receber imagens de vídeo de uma mulher sendo torturada por, supostamente, estar tendo contato com traficantes de outra facção criminosa. THOMAZ aparece cortando os cabelos da mulher, que nega a acusação. Na casa foram apreendidas duas pistolas – calibre 380 e 9mm -, munições, pinos de cocaína e pedras de crack, além de três rádios de comunicação. O material estava dentro de uma mala. Além dos dois homens e do menor apreendido, uma jovem estava na casa, mas todos confirmaram que ela foi ao local para pintar o cabelo de um dos presos. A jovem foi levada para a delegacia, sendo liberada depois de ouvida. FLOROSCHK revelou que THOMAZ e LEONARDO, que é do do Eucaliptal, em Volta Redonda, ao prestarem o primeiro depoimento na delegacia admitiram que as armas apreendidas eram deles e as drogas, pertencentes ao menor. Ambos disseram ser pagos para fazer a segurança do tráfico. No entanto, mudaram a versão depois de serem assistidos por uma advogada. Afirmaram que tanto as armas quanto as drogas pertenciam ao menor. De acordo com FLOROSCHK, em seu depoimento THOMAZ revelou ter sido condenado por tráfico em 2008. Disse também estar morando no local há menos de duas semanas.  No primeiro depoimento, ele afirmou que usava a pistola e um dos rádios de comunicação para segurança do tráfico no local, já que a facção à qual admitiu pertencer está em guerra com traficantes da Cidade Alegria, Barra I e Barra III, bairros dominados por outra organização criminosa. Ele chegou a detalhar que recebia 500 reais por semana pelo serviço. LEONARDO também revelou na delegacia ter sido preso por porte ilegal de arma no ano passado. Ele contou ter sido chamado por THOMAZ também para fazer a segurança na boca de fumo e que levou sua pistola calibre 380. O adolescente que assumiu a propriedade das armas e das drogas disse ser também responsável pelo aluguel da casa onde a ação policial ocorreu. Ele alegou não saber por que os outros dois assumiram ser donos das pistolas. Outras perguntas ele afirmou que só responderá em juízo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *