Bolsonaro defende combate à hanseníase no Brasil

 

O presidente Jair Bolsonaro defendeu hoje (8) o enfrentamento da hanseníase no Brasil, durante uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook. Ele estava ao lado do ministro da Saúde, Henrique Mandetta, e do presidente da Fundação Nippon, o japonês Yohei Sasakawa, que lidera um trabalho internacional de prevenção e tratamento da doença. Os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) também acompanharam a transmissão.

O Brasil é um dos países com a maior incidência da hanseníase no planeta. “No Brasil, cada grupo de 10 pessoas, 1,3 tem hanseníase. Estamos fazendo as contas aqui, nós devemos ter mais de 100 mil pessoas com hanseníase no Brasil, no momento. Isso acontece junto às pessoas mais pobres”, disse Bolsonaro. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 200 mil novos casos da doença são detectados em todo o mundo, a cada ano, sendo que Brasil, Índia e Indonésia concentram 80% desse total. Ainda segundo a entidade, o Brasil respondeu por 93% dos 29.101 casos detectados em 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *