Reboque de carros em blitz do Detran está suspenso

Entrou em vigor nesta terça-feira (2) a lei que regulamenta os serviços dos fiscais do Detran em blitzes no Rio de Janeiro. Com a determinação em vigor, os motoristas flagrados em blitzes com irregularidades no carrão não terão mais o veículo rebocado.

Ao ser flagrado com problemas na documentação ou no carro, o motorista terá sete dias para se apresentar num posto do Detran com a irregularidade corrigida. Caso não cumpra o prazo estabelecido, haverá uma notificação de que o carro está impedido de circular e apto para reboque.

Outra decisão é de que todas as fiscalizações do Detran devem ser filmadas a partir desta terça-feira (2).

O deputado Luiz Paulo (PSDB) apresentou na segunda-feira (1º) dois projetos de lei referentes às blitzes do Detran. Os parlamentares aprovaram na Alerj, mas o governador Wilson Witzel não sancionou e vetou os projetos. Na última semana, os deputados votaram de novo e derrubaram os vetos.

O Detran foi procurado e afirmou que vai cumprir as leis em vigor. Alertou que vale para irregularidades nos carros. Em casos onde o motorista está dirigindo sem habilitação, ele precisa apresentar outro condutor para levar o carro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *