Plantão de polícia

MULHER E FILHO SÃO FLAGRADOS COM DROGAS EM VAN DA SECRETARIA DE SAÚDE DE BARRA MANSA – A Polícia Militar deteve na tarde passada, em Barra Mansa, LEONARDO LEÃO PEREIRA, de 34 anos, e a mãe dele,

HOSANA LEÃO PEREIRA ALOISI, de 55. Os dois estavam numa van da Secretaria de Saúde de Barra Mansa, usada para transporte de pacientes que precisam fazer exames médicos fora da cidade. Com eles foram apreendidos 18 pinos de cocaína e dois pedaços de maconha. A Polícia Militar havia recebido a denúncia de que LEONARDO estaria usando a van para buscar drogas no Rio e, no dia passado, ficou de prontidão numa das entradas da cidade, na Rua Dr. José Alves, no bairro Abelhas. Os policiais que fizeram a abordagem perceberam quando LEONARDO, que tinha dois pinos de cocaína no bolso, entregou algo a HOSANA, que foi escondido entre os bancos do veículo. Era uma sacola com os outros 16 pinos. A maconha, segundo os policiais, estava na bolsa da mulher. Ela e o filho foram conduzidos para a delegacia de Barra Mansa, onde o caso foi registrado.

 

MATERIAL DE TRAFICANTE É APREENDIDO EM VOLTA REDONDA – Policiais militares apreenderam na tarde passada, em Volta Redonda, munições, drogas e outros materiais de um suspeito de tráfico de drogas. A apreensão foi feita numa casa da Rua Frei Caneca, no Jardim Cidade do Aço. O suspeito é BRYEN GUIMARÃES ALEXANDRE GONÇALVES. A PM tem em seu poder um vídeo em que ele mostra as armas e munições. O rapaz, porém, não foi encontrado. De acordo com os policiais, o acesso à casa foi autorizado por outro jovem que disse morar no local. Foram encontradas 113 munições calibre 9mm, 40 munições calibre “.40”, 25 para pistola calibre 380, seis munições calibre 38, uma calibre 32 e outra calibre 762, além de um carregador calibre 380.Ainda houve a apreensão de 111 pinos e cinco sacolésgrandes de cocaína,

75 pedras de crack, quatro rádios de comunicação, dez bases para carregar este tipo de aparelho, quatro celulares e duas blusas e uma calça camufladas. Ocorrência foi registrada na delegacia de Volta Redonda.

 

LOJA DO PONTO FRIO É ASSALTADA EM BARRA DO PIRAÍ – Dois homens armados assaltaram no início da tarde passada a filial do Ponto Frio, nbo Centro de Barra do Piraí. A loja fica na Rua Governador Portela. Os bandidos renderam funcionários e teriam levado celulares e dinheiro. A empresa não se manifestou. Os assaltantes fugiram em direção à Rua da Estação, também no Centro, mas não foram encontrados pela Polícia Militar. Imagens gravadas por câmeras de segurança serão usadas para tentar identificar os bandidos. Foi o segundo assalto a uma estabelecimento comercial no Centro da cidade, num período pouco superior a 48 horas. No sábado, cinco homens assaltaram a Barra Joias. Todos acabaram presos cerca de duas horas depois, no bairro Areal. Todos os produtos levados foram recuperados. Um carro e duas armas usadas no crime foram apreendidos.

 

 

528 QUILOS DE MACONHA SÃO APREENDIDOS EM RODOVIA ESTADUAL – O Batalhão Rodoviário da Polícia Militar apreendeu no dia passado um carregamento de 528 quilos de maconha. O entorpecente estava num caminhão abordado na entrada de Piraí pela RJ-145, que liga a cidade a Barra do Piraí. Segundo os policiais, a droga estava em 21 caixas escondidas sob um carregamento de 15 toneladas de milho. O motorista, de 40 anos, foi preso. O caminhão tem placa da cidade paulista de Monte Mor, mas, segundo o caminhoneiro, ele havia saído de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, com destino a Macaé, no Norte Fluminense. Ele foi preso em flagrante. O caminhão está apreendido.

 

MORTE DE HOMEM EM DISTRITO DE BARRA MANSA É INVESTIGADA – A Polícia Civil de Barra Mansa está investigando a morte de EDNALDO DE SEIXAS SILVA, de 42 anos, na última quarta-feira, no distrito de Floriano. O corpo dele foi encontrado dentro de casa, na Vila dos Remédios. Na ocasião, policiais militares acionados para comparecer ao endereço da vítima relataram que havia respingos de sangue pela casa. O laudo do Instituto Médico Legal de Volta Redonda, enviado à reportagem do programa por uma sobrinha de EDNALDO, aponta como causa da morte “anemia aguda, hemorragia interna e ação contundente”. Foi confirmado pelo IML como causa da morte: hemorragia interna e ação contundente. Ele teve oito costelas quebradas,corte na cabeça e hematomas pelo corpo. A família aguarda investigação da polícia. EDNALDO era soldador e deixou dois filhos. Os parentes se dizem “arrasados” com o ocorrido. Na véspera do crime, ele almoçou com a irmã em Saudade, Barra Mansa, acompanhou o filho ao médico na Santa Casa, no Centro, e retornou para sua residência em Floriano. O celular dele foi encontrado carregando na tomada, como ele havia dito à irmã que iria fazer assim que chegasse em casa. Foram vizinhos de EDNALDO que acionaram a PM ao encontrar o corpo, depois que o soldador não apareceu para trabalhar no dia seguinte. Não consta que nada tenha sido levado da casa. O corpo de EDNALDO foi sepultado em Arantina, no Sul de Minas Gerais.

 

NO MESMO DISTRITO, PM PRENDE TRÊS JOVENS E APREENDE ADOLESCENTES SUSPEITOS DE TRÁFICO – Três jovens foram presos na noite de domingo, na Vila dos Remédios, distrito de Floriano, suspeitos de tráfico de drogas. Segundo a Polícia Militar, eles são de Anchieta, no Rio, e foram para o distrito para atuar na venda de drogas. ELEONAM BONFIM SILVA, CLEVERSON ABREU MENDONÇA e MATHEUS DA CONCEIÇÃO ROCHA, todos de 20 anos, e um adolescente de 15 confirmaram ter vindo para Floriano a convite de outro menor, de 16 anos, que é de São João de Meriti. Este, por sua vez, confessou ter alugado a casa para receber as drogas e revender. Na residência, foram apreendidos 235 pinos de cocaína, dois celulares e dois recibos de depósitos bancários, que provavelmente foram para pagamento de entorpecentes.

 

 

FUZIS SÃO APREENDIDOS EM ANGRA EM OPERAÇÃO CONJUNTA – Foi na tarde passada, no Camorim Grande. Policiais militares e federais, em ação conjunta, entraram no bairro e apreenderam três fuzis. Não foram fornecidos detalhes da ação, mas ninguém foi preso. Segundo o comando do batalhão da PM em Angra, outras ações em conjunto deverão ocorrer.

1 Comentário

  1. Alguns dos atores que atuaram na minisserie fizeram um periodo de “laboratorio” na editoria de policia do jornal O Globo, da qual o proprio Aguinaldo Silva ja foi reporter e editor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *