CORPOS DE TRÊS JOVENS QUE ESTAVAM DESAPARECIDOS SÃO ENCONTRADOS EM BARRA MANSA – UMA DAS VÍTIMAS TEVE CORPO QUEIMADO E ESQUARTEJADO – A quarta-feira que passou foi um dia de terríveis descobertas em Barra Mansa. Os cadáveres de três desaparecidos foram encontrados em dois pontos diferentes da cidade. Pela manhã, foram achados num matagal do bairro Getúlio Vargas os cadáveres de JÚNIOR CÂNDIDO DOS SANTOS, o “CAIXOTE”, de 22 anos, e ROBERT SILVA DE CARVALHO, de 27. Os dois estavam desaparecidos desde a sexta-feira da semana passada. Segundo o registro feito por parentes, os dois teriam sido chamados por outros dois homens para irem a uma lanchonete da Avenida Presidente Kennedy, no bairro Ano Bom, e não mais foram vistos.

Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal de Volta Redonda. O laudo do I-M-L vai apontar a causa da morte, já que, no local, a perícia disse ser impossível devido ao adiantado estado de decomposição dos corpos das vítimas. JÚNIOR era casado, deixando também um filho nascido há cerca de um mês. Ele estava desempregado.

À tarde, uma denúncia levou à descoberta dos restos mortais de ANTONY MARCELORODRIGUES DA SILVA, de 20 anos. Morador do bairro Palmeiras, em Pinheiral, o jovem também não era visto desde sexta-feira da semana passada, quando foi à Siderlândia, em Barra Mansa. O corpo dele foi encontrado queimado e esquartejado, enterrado numa cova rasa num ponto ermo do mesmo bairro. A mãe do jovem conversou por telefone com a reportagem do Programa Dário de Paula, quando se encontrava na delegacia de Barra Mansa. Ela contou que a confirmação de que se trata do corpo de ANTONY se deu por restos de roupas e seu relógio, encontrados no local. Fontes ligadas à delegacia de Barra Mansa informaram que dois suspeitos do crime, um deles menor de idade, foram identificados. O delegado RONALDO APARECIDO não falou sobre o caso, mas deve pedir a prisão do maior e a apreensão do adolescente.

E até o momento, segue desaparecido EDUARDO MARTINS DE ASSIS, o “MALAZA”, morador do bairro Dom Bosco. Amanhã completa uma semana que ele não é visto. Na última sexta-feira, o carro dele, o Vectra placa LNK-3496, foi encontrado queimado na Rodovia do Contorno. Segundo a família, MALAZA, de 37 anos, saiu de casa para ir ao bairro Nova Primavera, onde tem clientes. De acordo com os parentes, ele vende roupas.

 

OPERAÇÃO ASFIXIA É REALIZADA PELA POLÍCIA MILITAR – A ação foi iniciada na tarde passada, com equipes da Polícia Militar em vários bairros de Barra Mansa e Volta Redonda. Os policiais abordaram carros, motocicletas e ônibus e revistaram suspeitos. O comando do 28º Batalhão, sediado em Volta Redonda, deslocou para as ruas agentes que trabalham no setor administrativo para reforçar o contingente. O alvo da ação, que, segundo a comandante, a tenente-coronel LUCIANA RODRIGUES, não tem prazo para terminar, são suspeitos com prisão determinada pela Justiça, armas e drogas. Até o momento, nenhum balanço foi divulgado. Mas, em Barra Mansa, uma mulher de 26 anos, identificada como ANA CAROLINA GONZAGA DOS SANTOS, foi presa na Rua Eduardo Junqueira, no Centro. Com ela foram apreendidos 17 pinos de cocaína. O entorpecente estava na residência da suspeita, que despertou a atenção por entrar repentinamente em casa quando notou o aparato policial.

 

PM FAZ DUAS APREENSÕES DE ARMA EM RESENDE – Na Rua Paraná, no bairro Morada do Contorno, foi apreendido um revólver calibre 38 com seis munições intactas. A arma estava em poder de RUBENS ROMÃO FERNANDES, de 23 anos. A Polícia Militar chegou ao suspeito a partir de uma denúncia anônima e uma revista em sua residência foi autorizada. Ele foi preso por posse ilegal de arma. Já na Avenida D, no Jardim Aliança 2, os agentes prenderam RAFAEL JOVITA RAMOS, de 24 anos. Na casa dele foram apreendidos uma pistola calibre 9 milímetros, um carregador e 14 munições do mesmo calibre. A abordagem à RAFAEL foi feita na rua, quando ele dirigia o Palio KML-8967. Nada de ilegal foi encontrado no carro. Ele garantiu aos policiais também nada de ilícito havia em sua casa e que eles poderiam ficar à vontade para uma revista. Só que, depois de fazer tal afirmação, tentou fugir à pé, sendo impedido pelos policiais. Na casa, os agentes encontraram a arma e as munições. RAFAEL também ficou preso em flagrante com base no Estatuto do Desarmamento.

 

MOTORISTA SE DIZ FÃ DA POLÍCIA RODOVIÁRIA, FAZ SELFIE DURANTE A ABORDAGEM E ACABA PRESO POR TRÁFICO DE ARMAS – FUZIS COM DESTINO À ROCINHA, NO RIO, FORAM APREENDIDOS – Policiais rodoviários federais apreenderam na tarde passada na Rodovia Rio-Santos, em Paraty, nove fuzis AK-47 que eram transportados no fundo falso de um carro. O armamento, segundo os policiais, estava a caminho da Rocinha, no Rio de Janeiro. Eles contaram que o motorista, ao ser abordado, tentou demonstrar que não havia nada de errado no carro. Disse ser fã do trabalho da Polícia Rodoviária e chegou a fazer uma selfie dentro do posto policial. Porém, ao saber o carro passaria por uma vistoria mais rigorosa, o comportamento dele mudou: demonstrando nervosismo, ele disse que era funcionário de uma operadora, pedindo para ser liberado, pois perderia o dia de trabalho. Não teve jeito. No fundo falso na lataria, os agentes encontraram os nove fuzis e carregadores. O caso foi apresentado na Polícia Federal de Angra dos Reis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *