Plantao de policia

MULHER É MORTA PELA COMPANHEIRA EM BARRA MANSA – MÃE DA SUSPEITA DIZ QUE ELA DEIXOU A CIDADE – A polícia encontrou na noite passada, em Barra Mansa, numa casa da Rua Boa Esperança, no bairro Vila Coringa, o corpo de NATIELE CAITANO DOS SANTOS, de 33 anos. O encontro do cadáver ocorreu depois que ROSÂNGELA MARIA AMARO, de 58 anos compareceu à delegacia da cidade.Ela relatou que sua filha, SABRINA AMARO, também de 33 anos, havia lhe comunicado, por mensagem de WhatsApp, que havia matado sua companheira durante uma discussão que terminou em briga. De acordo com a mãe, SABRINA informou, na mesma mensagem, que fugiu da cidade de carona com um caminhoneiro, sem informar seu destino. A Polícia Militar foi acionada e compareceu ao endereço fornecido pela mãe, encontrando o corpo de NATIELE num dos quartos da residência, perto de uma cama. Ainda não foi informado o que provocou a morte da vítima. O caso está sendo apurado pela Polícia Civil. NATIELE tinha várias passagens pela polícia, inclusive por extorsão, sequestro e tráfico de drogas. Ela seria da Baixada Fluminense e teria deixado a prisão há um mês, quando veio morar com SABRINA. A suspeita é de que ela tenha sido estrangulada.

EXAME DE DNA CONFIRMA: OSSADA ENCONTRADA EM MALA, EM BARRA DO PIRAÍ, É MESMO DE MENINA DE 11 ANOS – A ossada humana encontrada dentro de uma mala em Ipiabas, distrito de Barra do Piraí, é mesmo da menina Júlia Laport, de 11 anos, que estava desaparecida desde julho do ano passado. A informação foi dada no dia passado pelo delegado de Barra do Piraí, WELLINGTON PEREIRA VIEIRA, com base no exame de DNA realizado pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli. A ossada foi encontrada no dia 21 de janeiro deste ano. A mãe da menina, CRISTIANA DE OLIVEIRA LAPORT, de 28 anos, e seu namorado, CARLOS RAMON MANOEL, de 20, estão presos há quase dois meses. A causa da morte ainda não foi esclarecida, disse o delegado, que prendeu o casal no dia seguinte ao encontro da mala por acreditar em homicídio. CRISTINA e CARLOS se apresentaram na delegacia, depois de terem a prisão decretada pela Justiça. Em razão do resultado do exame, o delegado está pedindo à Justiça a conversão temporária do casal em prisão preventiva. A mãe alega que a filha tinha uma doença, conhecida como Síndrome de West, e que teria morrido de causa natural. Ele justificou ter ocultado o cadáver de JÚLIA por temer a reação do seu ex-companheiro, pai da menina. CARLOS RAMON também nega que a criança tenha sido morta. A mala como os restos mortais foi encontrada num terreno perto da casa dele.

DELEGACIA DE PINHEIRAL CUMPRE MANDADOS DE PRISÃO – QUATRO FORAM CAPTURADOS – Policiais civis de Pinheiral prenderam quatro homens que estavam com mandados de prisão expedidos pela Justiça. A ação foi coordenada pelo delegado MARCELO NUNES RIBEIRO. Dois homens foram presos suspeitos do mesmo crime: JHONATAN MAIA CORNEL e WEMERSON PAULINO DE BARROS GABRIEL são apontados como autores de um assalto praticado na cidade no dia 1º deste mês. A vítima, um homem também, foi agredida. Os ladrões levaram um cordão de ouro e o celular do assaltado. Outro preso foi EVERTON DOS SANTOS LÚCIO, condenado por tráfico de drogas. Pelo mesmo crime foi cumprido o mandado contra DOUGLAS DA SILVA MAIA. Os dois haviam sido presos em dezembro de 2015 por tráfico de drogas e foram condenados.

 

NOVA TITULAR DA DEAM DE VOLTA REDONDA TOMA POSSE – A delegada LAISA BATISTA LARA assumiu na tarde passada o cargo de titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Volta Redonda. A posse ocorreu num evento promovido pela prefeitura na Associação Comercial, onde foi lançado o programa “Siga em Frente”, que visa a buscar oportunidades no mercado de trabalho para mulheres vítimas de violência. O projeto foi idealizado pela ex-titular da Deam de Volta Redonda, MÔNICA AREAL, transferida recentemente para a Deam de Nova Iguaçu. MÔNICA, por sinal, participou do lançamento do programa em Volta Redonda. Ela trouxe outra delegada, JULIANA EMERICK, que coordena as Deams no estado, para conhecer o projeto, que será desenvolvido pelas secretarias municipais de Políticas para Mulheres e Desenvolvimento Econômico. A nova delegada de Volta Redonda afirmou que, a partir de hoje, fará um mapeamento dos crimes contra a mulher na cidade, anunciando que pretende manter o ritmo desenvolvido por sua antecessora no cargo, que efetuou prisões de vários suspeitos.

DUPLA É PRESA COM COCAÍNA EM BARRA MANSA – Policiais militares prenderam na Avenida Presidente Kennedy, no Ano Bom, em Barra Mansa, dois jovens suspeitos de tráfico de drogas. A PM seguiu para a Vila Delgado ao obter a informação de que homens armados estariam na entrada da Vila Delgado. Quando os policiais chegaram, vários suspeitos correram, mas dois foram alcançados: VINÍCIUS VALENTIM DA SILVA SABARÁ, de 20 anos, e ROGÉRIO NEPOMUCENO DE ARAÚJO PRADO, de 21. Com eles foram apreendidos 110 sacolés de cocaína. Os dois foram apresentados na delegacia de Barra Mansa.

JOVENS SÃO ASSASSINADOS A TIROS DENTRO DE CASA EM TRÊS RIOS – Dois jovens foram mortos a tiros dentro de casa na noite da última quarta-feira em Três Rios. Segundo informações da Polícia Militar, os agentes encontram os corpos das vítimas no quintal e dentro de casa, após denúncias de disparos no bairro Barros Franco.As vítimas foram identificadas como DEIVISON ROSA COSTA, de 25 anos, e NAIARA MIRRA DE SOUZA, de 19 anos. Ainda de acordo a PM, testemunhas disseram que os dois estariam sendo ameaçados por criminosos do bairro Jaqueira. A polícia de Três Rios está investigando o caso e apura se os homicídios têm ligação com três mortes ocorridas durante o Carnaval, exatamente no bairro Jaqueira.

HOMEM JÁ PRESO POR TRÁFICO EM ITATIAIA É FLAGRADO COM UMA TONELADA DE MACONHA NA BAIXADA FLUMINENSE – Policiais rodoviários federais prenderam no dia passado na BR-040, em Duque de Caxias, por tráfico de drogas, um homem que transportava uma tonelada de maconha numa caminhonete. Ele ainda tentou fugir, jogando o veículo contra a viatura policial. Depois, abandonou a caminhonete e se escondeu no meio do mato, mas foi encontrado. Na ação, os policiais rodoviários contaram com a ajuda de agentes da Polícia Militar que passavam pela rodovia no momento em que a ação se desenvolvia. O homem é o mesmo que foi preso em 2014, na Via Dutra, em Itatiaia, também por policiais rodoviários. Na ocasião, ele transportava grande quantidade de drogas. Desta vez, ele informou que havia sido de Minas Gerais com a maconha, que seria deixada perto de uma antiga casa de shows na Via Dutra, já na cidade do Rio de Janeiro. A maconha estava na carroceria e no interior da caminhonete, que foi apreendida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *