Plantão de polícia

FORÇAS DE SEGURANÇA VÃO COMBATER JUNTAS HOMICÍDIOS E ROUBO DE CARROS EM VOLTA REDONDA – Uma reunião realizada na tarde passada na 5ª RISP, a Região Integrada de Segurança Pública, por representantes das forças de segurança, definiu estratégias para o combate a homicídios e roubo e furto de automóveis, crimes que estão em alta em Volta Redonda. A reunião contou com representantes das polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal, além da Guarda Municipal de Volta Redonda. O comandante do 5º Comando de Policiamento de Área, coronel CLEBER MAIA, responsável pela coordenação dos batalhões da Polícia Militar no Sul Fluminense, informou que o primeiro alvo da força tarefa que foi montada é o Morro da Conquista, no Santo Agostinho, um dos bairros com maior número de assassinatos na cidade. Segundo ele, há mandados de prisão expedidos e serão cumpridos. Os responsáveis por cada corporação deverão ter reuniões semanais para avaliar as ações realizadas e planejar outras. Participaram da reunião também a comandante do 28º Batalhão da PM, tenente-coronel LUCIANA RODRIGUES; o delegado CLEI BIAGGIO CATÃO, que assumiu recentemente o 5º DPA, Divisão de Polícia de Área da Polícia Civil; o delegado FRANQUIS DIAS NEPOMUCENO, titular da delegacia de Volta Redonda; o delegado de Polícia Federal PEDRO PAULO SIMÃO DA ROCHA; o inspetor BARROSO, da Polícia Rodoviária Federal, e PAULO DALBONI, comandante da Guarda Municipal de Volta Redonda.

TOTAL DE DROGAS APREENDIDAS NO BAIRRO SANTA CRUZ PASSOU DE TRÊS QUILOS – A Polícia Civil de Volta Redonda informou no dia passado que cerca de três quilos e meio de cocaína e maconha foram apreendidos na ação realizada no final da tarde da terça-feira, num apartamento do Residencial Ingá II, no bairro Santa Cruz. No local, segundo o delegado FRANQUIS DIAS NEPOMUCENO, funcionava uma refinaria do tráfico. A polícia, no entanto, não divulgou quantas munições foram apreendidas, nem a identidade dos presos na operação. Das seis pessoas conduzidas à delegacia, três ficaram no flagrante, entre elas uma menor. Outra mulher, que seria gerente do tráfico, também foi indiciada por tráfico, associação ara o tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

PRESO EM BARRA MANSA RAPAZ PROCURADO PELA JUSTIÇA – Trata-se de LUIZ CARLOS DALBONI DE SOUZA, de 18 anos. Ele foi preso por policiais militares na Rua José Gonçalves Rebolado, no bairro Siderlândia, onde foi flagrado com cinco sacolés de cocaína. Ele foi levado à delegacia de polícia, onde foi descoberto um mandado de prisão em aberto por homicídio. O nome da vítima não foi informado. LUIZ CARLOS ficou preso.

POLÍCIA RODOVIÁRIA APREENDE 3 CAMINHÕES COM CIGARROS CONTRABANDEADOS – A Polícia Rodoviária Federal apreendeu três caminhões com mais de 700 mil maços de cigarros contrabandeados, em uma abordagem na Rodovia Lúcio Meira, a BR-393, em Sapucaia. A apreensão aconteceu na madrugada da quarta-feira. Três homens foram presos. A carga está avaliada em quatro milhões e meio de reais, segundo estimativa da Receita Federal. Em operação de combate à exploração sexual em postos de combustíveis na BR-393, em Sapucaia, os policiais rodoviários federais tiveram sua atenção voltada para um caminhão com placa do Espírito Santo. Após apresentação dos documentos de porte obrigatório, o motorista confessou que estava transportando uma mercadoria que não possuía nota fiscal.Em seguida, os policiais foram verificar e constataram que se tratava de 250 mil maços de cigarros estrangeiros. Próximo ao veículo, havia outros dois caminhões, também com mercadorias sem nota fiscal, cada um com 250 mil maços da mesma marca. Questionado, um motorista confessou que receberia 3 mil reais pelo transporte. Outro disse que receberia 6 mil reais. Os cigarros seriam entregues no Mercado São Sebastião, no bairro da Penha, no Rio de Janeiro. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal de Nova Iguaçu.

 

LANCHA DE SUSPEITO DA MORTE DE MARIELLE FRANCO É APREENDIDA EM ANGRA DOS REIS – A Polícia Civil apreendeu uma lancha de luxo, que seria do ex-sargento RONNIE LESSA, acusado de matar a vereadora MARIELLE FRANCO e o motoristaANDERSON GOMES. A embarcação estava no Condomínio Porto Galo, em Angra dos Reis, reduto de pessoas com alto poder aquisitivo. A lancha, avaliada em 600 mil reais, estaria em nome de ALEXANDRE MOTTA, que também foi preso, por ter em sua residência 117 fuzis desmontados. De acordo com a Polícia Civil, as investigações apontaram que ALEXANDRE é laranja de RONNIE, tendo inclusive feito movimentações financeiras em seu próprio nome. Além da lancha, RONNIE também é proprietário de um terreno no mesmo condomínio em Angra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *