VIOLÊNCIA EM VOLTA REDONDA: DUAS PESSOAS SÃO ASSSINADAS NUM ESPAÇO DE DUAS HORAS – UMA DAS VÍTIMAS ERA DONA DE BAR – Duas pessoas foram mortas a tiros na noite passada, entre o final da tarde e o início da noite, em Volta Redonda. Por volta das 5 da tarde, LEONARDO DA SILVA ALVES, de 21 anos, foi morto nas proximidades da quadra de esportes do Açude IV. Ele seria morador de Barra Mansa e havia deixado a prisão em 29 de março do ano passado. A policia não conseguiu arrolar testemunhas do crime. Por volta das 7 da noite, o segundo homicídio: ELIANA DAS NEVES TEIXEIRA, a “BAIANA”, de 61 anos, foi morta a tiros dentro de seu bar, localizado próximo ao ponto final de ônibus do bairro Belmonte. Segundo apurou a Polícia Militar, dois homens que estavam numa motocicleta Honda Titan efetuaram os disparos, fugindo em seguida. A vítima estava sentada numa cadeira quando foi atingida.Na madrugada de hoje, os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal, no bairro Três Poços.

 

POLICIAIS MORTOS EM ACIDENTE DE TRÂNSITO SERÃO SEPULTADOS HOJE EM VALENÇA – Serão sepultados daqui à pouco, às 9 horas, no Cemitério Riachuelo, em Valença, os três policiais militares mortos no acidente da manhã passada, na RJ-145, que liga a cidade a Barra do Piraí. O carro em que eles estavam colidiu com um ônibus da Viação Útil que seguia do Rio para Valença. Nenhum ocupante do ônibus se feriu.Morreram no acidente o subtenente JEAN PIERRE MENEZES CARREIRA, de 40 anos; o cabo RICARDO DA SILVA JOAQUIM, de 42, e a soldado ANA CRISTINA DE JESUS AZEVEDO REMBINSKI, de 37anos. Eles haviam acabado de deixar o Destacamento de Policiamento Ostensivo do distrito de Barão de Juparanã e seguiam para Valença, onde moravam. O subtenente JEAN PIERRE ficou conhecido em dezembro do ano passado, quando matou um rapaz que havia assaltado uma joalheria no Centro de Valença e manteve refém uma idosa de 83 anos, na tentativa de fuga. Ele estava na PM desde 1998. O cabo JOAQUIM ingressou na Polícia Militar em 2010. A soldado DE JESUS estava na corporação desde 2013.

ANGRA DOS REIS: DOIS MORTOS EM CONFRONTO COM POLICIAIS MILITARES – Dois suspeitos que não tiveram os nomes informados morreram no dia passado numa intensa troca de tiros entre criminosos e policiais militares no Morro da Glória I, em Angra dos Reis. Eles chegaram a ser levados ao Hospital Geral da Japuíba, mas não resistiram aos ferimentos. Um deles, segundo policiais, era conhecido pelo apelido de “BIGODE”. O outro tinha 16 anos. Os policiais subiram o morro em busca de drogas, quando foram atacados a tiros por traficantes. O tiroteio, mais uma vez, assustou moradores. Depois que a troca de tiros cessou, os policiaisencontraram os dois suspeitos feridos e ainda apreenderam no local um fuzil 7.62, uma pistola, carregadores, 22 munições, 235 trouxinhas de maconha, 112 sacolés de cocaína, 95 pedras de crack, balança de precisão, 1.100mil pinos para acondicionar cocaína, rádios comunicadores e material para embalar as drogas.

 

AINDA EM ANGRA: OPERAÇÃO DA POLÍCIA RODOVIÁRIA RESULTA NA APREENSÃO DE 24 VEÍCULOS – A Polícia Rodoviária Federal deu início no dia passado, pela Rodovia Rio-Santos, em Angra dos Reis, à Operação Duas Rodas. O alvo principal da ação são motocicletas que circulam irregularmente, conduzidas por pessoas também com documentação irregular. Dezoito motos foram apreendidas, mas seis carros também foram recolhidos. No total, foram emitidos 236 autos de infraçãoe três habilitações acabaram recolhidas por estarem vencidas. Segundo a Superintendência da Polícia Rodoviária no Rio, a operação vai continuar em pontos estratégicos das rodovias federais do estado.

MULHERES SUSPEITAS DE TRÁFICO SÃO PRESAS EM BARRA MANSA E VOLTA REDONDA – Em Barra Mansa, a prisão foi na tarde passada, na Rua Boa Esperança, na Vista Alegre. Policiais militares estavam no bairro fazendo patrulhamento, em busca de carros roubados ou furtados. Eles tiveram a atenção voltada para ROSIMAR HENRIQUE CAETANO, de 36 anos, que demonstrou nervosismo ao passar pelos agentes. Ela foi abordada e, na bolsa que carregava, foram encontrados 120 sacolés de cocaína. A suspeita foi apresentada na delegacia de Barra Mansa. // Em Volta Redonda, uma mulher que não teve o nome divulgado foi presa no Eucaliptal. Ela tentou correr para dentro de uma casa ao ver a aproximação da viatura policial e ainda tentou se desfazer de uma mochila e de uma sacola plástica. Na sacola, os policiais encontraram 20 pedaços de maconha, 19 cigarros feitos com o mesmo entorpecente, 600 gramas de maconha picada, material para embalar drogas e 534 reais em dinheiro. Ela foi encaminhada à delegacia de Volta Redonda.

PM APREENDE ARMA E PRENDE SUSPEITO EM OUTRA AÇÃO EM BARRA MANSA – Foi também na tarde passada, desta vez na Vila Delgado, que fica na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Ano Bom. Os agentes seguiram para o local depois que um vídeo começou a circular em redes sociais, onde crianças e adolescentes aparecem com simulacros de armas, feitas com madeira, dizendo que matariam policiais militares. Assim que entraram num dos becos, os policiais viram um homem sair correndo, e ele foi capturado. Ele teria admitido envolvimento com o tráfico na localidade. Ainda vasculhando a área, os PMs encontraram um revólver calibre 38, com numeração raspada, municiado com cinco balas. Recolheram também oito pedras de haxixe e 20 reais em espécie.

MULHER PRESA EM OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL EM RESENDE É LIBERTADA – O delegado de Resende, MICHEL FLOROSCHK, informou na tarde passada que MAIRSE DE ANDRADE, de 49 anos, presa no último sábado junto com outros três suspeitos de envolvimento no latrocínio do fazendeiro ROMOALDO GAMA DE OLIVEIRA, de 65 anos, foi liberada. Segundo ele, foi constatado que MAIRSE não tinha envolvimento com os demais presos. Ainda de acordo com FLOROSCHK, a mulher foi incluída na investigação por causa de um cheque roubado no assalto a uma casa na Serrinha do Alambari, depositado na conta dela. A polícia apurou que o marido de MAIRSE achou o cheque na rua e depositou na conta da mulher. Os demais presos na operação, TIAGO JARDIM, de 32 anos; PIETRO BRENNER, de 22, e FELIPE TSUDA, de 28 anos, já foram transferidos para uma unidade prisional do estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *