Panorama esportivo

PALMEIRAS – Derrotou o Bragantino, na noite passada, por 2 a 0. Na mês segunda-feira em que o atacante Deyverson foi suspenso por 6 jogos, por causa da cusparada no rosto de Richard, do Corinthians. Esta foi a quinta expulsão do jogador, que resultou numa multa de 350 mil reais.

O Santos vira a chave para a Copa Sul Americana. Joga logo mais, às 19h15 contra o River Plate do Uruguai. Por sinal, a edição de fevereiro da revista “France Football” estabelece critérios próprios para fazer um ranking mundial de clubes. O Real Madrid lidera, seguido pelo Barcelona; o Santos é único clube brasileiro incluído entre os 30 melhores do mundo e além dele, só três latino-americanos: Boca Juniors, Independiente da Argentina e América do México.

FLUMINENSE – O jogo de estreia marcado para hoje, no Maracanã, pela Copa Sul Americana, contra o Antofogasta, do Chile, foi adiado para o próximo dia 26, terça-feira, daqui a duas semanas. A tragédia do Ninho do Urubu afetou jogadores de todos os clubes. O tricolor se prepara para a semifinal de depois de amanhã, contra o Flamengo, no Maracanã. Além de Ganso, duas outras contratações do tricolor já estão treinando: o volante Allan, emprestado pelo Liverpool e o zagueiro Nino, que veio do Criciúma.

FLAMENGO – O time deve jogar o clássico de depois de amanhã, contra o Fluminense, pela semifinal da Taça Guanabara, com os nomes das vítimas da tragédia de sexta-feira nas camisas. A novidade do treino do dia passado foi a barração de Uribe. Gabigol vai começar jogando. Abel vai manter o restante da equipe com Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Diego. Arrascaeta permanece no banco.

VASCO – Joga amanhã, no Maracanã, às 21h30, contra o Resende, pela semifinal da Taça Guanabara, primeiro turno do campeonato carioca. Leandro Castan diz que o time jogará por Pablo Henrique, morto no incêndio do Ninho do Urubu, primo do zagueiro Werley. O time entra em campo com a vantagem do empate, mas sabe que o Resende merece respeito: tem um dos artilheiros do campeonato Maxwel e na Taça Guanabara empatou com o Flamengo e ganhou do Botafogo.

BOTAFOGO – A tragédia não sai da cabeça dos jogadores, mas o time tem um jogo importante amanhã, pela Copa do Brasil: enfrenta o Campinense, em Campina Grande, na Paraíba, às 21h30. E o sinal de alerta está ligado, pois no ano passado, nesta fase o Botafogo foi eliminado pela Aparecidense, de Goiás. O técnico Zé Ricardo considera um grande desafio deixar de lado as notícias das tragédias recentes.

BANGU – Um incêndio atingiu o alojamento do clube, no dia passado. Sete atletas e um funcionário do clube foram levados ao hospital, mas só um deles segue internado, em observação: o zagueiro Matheus Rocha, de 18 anos, que é da base do clube. Matheus não sofreu queimaduras, mas inalou muita fumaça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *