Plantão de polícia

 

DUPLA É PRESA PRÓXIMO AO BATALHÃO DA PM EM VOLTA REDONDA – HOMENS ESTAVAM SEGUINDO CARRO DE DISTRIBUIDORA DE CIGARROS – CONTRA ELES HAVIA MANDADOS DE PRISÃO – Dois homens que eram procurados da Justiça foram presos na tarde passada nas proximidades do 28º Batalhão de Polícia Militar, em Volta Redonda. A prisão foi possível graças à iniciativa de ROGÉRIO JORGE BATISTA, de 37 anos, que dirigia uma van de uma distribuidora de cigarros. Sentindo que estava sendo seguido desde de Barra do Piraí por dois homens num Fiat Palio, o motorista da van entrou no quartel e avisou os PMs sobre sua desconfiança. Os policiais que estavam na portaria do quartel foram para a rua e viram o Fiat Palio placa LQF-3395 estacionado atrás de um caminhão na Avenida Nossa Senhora do Amparo, no bairro Voldac, próximo à Arena Olímpica, com dois homens em seu interior. A dupla foi abordada e, após ser identificada, os policiais verificaram que havia mandados de prisão dos suspeitos. Eles foram identificados como CÁSSIO MAURÍCIO RIBEIRO REBELLO, de 51 anos, e JOÃO BATISTA VELOSO NETO, DE 48, foragido do Instituto Penal Benjamin de Moraes Filho. Na revista no carro, foi encontrado um revólver calibre 32, municiado com seis balas. Segundo informaram os policiais, CÁSSIO e JOÃO BATISTA ainda ofereceram a eles o carro e 10 mil reais em dinheiro, para não serem levados à delegacia de polícia. Os dois homens foram presos em flagrante por tentativa de suborno e porte ilegal de arma de fogo, além de ter sido efetivado o cumprimento dos mandados de prisão.

 

JOVEM É FLAGRADO COM 100 PINOS DE COCAÍNA EM BARRA MANSA – Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar a prender, na tarde passada, LUCAS FERREIRA DA SILVA, conhecido como “DO MAL“, de 21 anos. A prisão ocorreu na Rua Goiânia, no bairro Getúlio Vargas. Com a descrição de dois homens suspeitos de tráfico, os PMs se posicionaram de forma que conseguiram ver a movimentação típica de traficantes de drogas. Um rapaz percebeu a aproximação da polícia e fugiu por uma área de mata. LUCAS, que estava com ele num escadão, não conseguiu escapar. Próximo dele os agentes recolheram uma sacola plástica contendo 100 pinos de cocaína. Ele foi levado à delegacia de Barra Mansa, onde ficou preso por tráfico.

 

 

ACIDENTE NA BR-393 MATA ADOLESCENTE QUE CONDUZIA MOTOCICLETA – Um adolescente de 17 anos morreu na tarde passada ao colidir de moto com uma carreta, na BR-393, a Rodovia Lúcio Meira, no bairro Boa Vista, em Barra Mansa. O choque ocorreu por volta das 4 horas da tarde, perto do entroncamento da estrada com a Via Dutra. THIAGO DA SILVA VIRGENS era morador do bairro Roma, em Volta Redonda. A Polícia Rodoviária Federal apurou junto a testemunhas que o menor teria cruzado a pista, sendo atingido pelo caminhão. Com o choque, o corpo de THIAGO foi lançado na pista e ele morreu na hora. A moto ficou embaixo do caminhão. Por causa do acidente, o trânsito naquele trecho da Região Leste de Barra Mansa funcionou no sistema pare-siga por mais de três horas, até que a perícia fosse realizada e o corpo da vítima removido para o Instituto Médico Legal de Volta Redonda. Somente às oito e meia da noite o tráfego foi totalmente liberado.

JOVEM É PRESA COM TRÊS QUILOS DE COCAÍNA EM RESENDE – Trata-se de GABRIELA VITÓRIA SILVA, de 19 anos, moradora do bairro Nova Surubi. Ela foi flagrada com três quilos de cocaína no bairro Baixada da Olaria, depois de despertar suspeita de policiais militares em patrulhamento. O entorpecente estava dentro de uma mochila. GABRIELA, segundo os policiais, confessou que iria fazer a entrega da cocaína em Barra do Piraí, recebendo para isso 400 reais. Ela disse ainda que havia pegado o entorpecente em Engenheiro Passos, mas não disse exatamente o local. GABRIELA está presa em flagrante.

 

 

OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL DO RIO TEM COMO ALVO EX-PRESIDENTES DO DETRAN – A Polícia Civil do Rio realizou no dia passado uma operação para cumprir 18 mandados de busca e apreensão na Capital e também em Três Rios, numa investigação sobre lavagem de dinheiro. O alvo principal da ação, batizada de “Barão de Entre-Rios”, é VINICIUS FARAH, ex-presidente do Detran e deputado federal eleito em 2018. FARAH chegou a ser preso na Operação Furna da Onça, um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro, em novembro, mas está solto. As equipes do Núcleo de Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil também foram às ruas cumprir 10 mandados de bloqueios de contas bancárias nas duas cidades. Durante nove meses de investigação, a polícia constatou que FARAH é proprietário de várias empresas, inclusive franquias de fast-food. Algumas dessas empresas, segundo a polícia, eram comandadas por “laranjas”.

A polícia aponta ainda que o valor declarado por VINÍCIUS FARAH como investimento para abertura de algumas dessas franquias era de, no máximo, 50 mil reais, mas, de acordo com as investigações, o valor real necessário era de quase 800 mil, o que não é compatível com o patrimônio declarado por ele nas campanhas eleitorais. Um outro exemplo, segundo as investigações, é uma boate em Três Rios, que o deputado eleito tinha em sociedade com CELSO JACOB FILHO, secretário de Esporte e Lazer da cidade. CELSO é sócio da boate junto com LEONARDO JACOB, que substituiu VINICIUS FARAH na presidência do Detran e também foi preso na operação Furna da Onça. A boate, de acordo com as investigações, tem um alto custo e um baixo rendimento e também estaria sendo usada para lavagem de dinheiro.Além de FARAH, CELSO e LEONARDO JACOB, outras quatro pessoas também são investigadas na operação:FERNANDA CURDI, que chegou a presidir o Detran; SÔNIA FARAH, irmã de VINÍCIUS, e EUNICE FARAH, mãe do deputado eleito, além de um homem identificado como LEANDRO RESENDE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *