Volta Redonda fecha 2018 com saldo positivo na geração de emprego

Pela primeira vez nos últimos cinco anos, isto é, desde 2013, Volta Redonda terminou o ano com saldo positivo na geração de emprego. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relativos a dezembro do ano passado configuraram que, ao longo de 2018, o saldo positivo – contrações x demissões – ficou em 2.295 postos de trabalho. A indústria, com 684 vagas a mais, foi o setor que mais abriu oportunidades de trabalho, seguida por serviços (599) e comércio (491).  O prefeito Samuca Silva, em julho do ano passado, diante do saldo positivo de 440 postos de trabalho, previu um resultado ainda mais positivo no segundo semestre. Os dados se confirmaram e, entre julho e dezembro, Volta Redonda ganhou mais 1.855 empregos com carteira assinada.Samuca comemora comentando que aeconomia do Brasil mudou nos últimos anos e as condições hoje, se não são ideais, são melhores do que em 2015 e 2016. Mas também foi preciso mudar o ambiente de negócios em Volta Redonda.

Ele apontou fatores que, no seu entendimento, contribuíram para o resultado, explicando que a administração tornou o processo de registro das empresas muito mais simples, abriu canais constantes de diálogo com as entidades que representam os empresários, inclusive indo às empresas conversar.

Ele também mencionou a melhor relação com a CSN, a maior empregadora e maior geradora de arrecadação de Volta Redonda. A prefeitura passou a ter um diálogo respeitoso e de boa vontade, em vez encarar a empresa como um adversário, com quem só se interage através do Judiciário.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Joselito Magalhães, estão comemorando os resultados positivos obtidos pelo município ao longo de 2018, em termos de geração de emprego. O prefeito, através das redes sociais, revelou que ele e sua equipe se empenharam muito para provocar a retomada do crescimento da economia do Município. E esse esforço conjunto resultou em títulos: Volta Redonda, segundo os analistas do Sebrae, é a cidade mais empreendedora e a que gerou mais empregos no estado do Rio de Janeiro, em plena CRISE nacional.

O prefeito atribui o sucesso ao trabalho de desburocratização, atualização de leis, investimento em infraestrutura e melhora no ambiente interno de negócios. Para que o sucesso se repita, outras medidas estão sendo adotadas pela administração, ao mesmo tempo em que os esforços se voltam para a área da saúde. O projeto para 2019 já está em andamento para que Volta Redonda seja A CIDADE DA SAÚDE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *