Panorama esportivo

FLAMENGO – Independentemente de quem levar a eleição no próximo sábado, uma posição carece de reforços imediatos para a próxima temporada. O Flamengo terá de ir ao mercado buscar atacantes de velocidade que atuem pelos lados do campo e monitora Bruno Henrique, do Santos. Os empréstimos de Marlos Moreno e Geuvânio chegam ao fim e não serão renovados, o que deixará o elenco com poucas opções de extremas. O atacante Pablo do Atlético PR interessa, mas a multa é de 40 milhões se euros.

VASCO – Antes de pensar no time procura dirigentes. Para ter Abel Braga, o Vasco também vai tentar Rodrigo Caetano como novo executivo de futebol. O dirigente, atualmente no Internacional, é amigo pessoal do presidente Alexandre Campello e é visto como um dos trunfos para convencer o treinador a acertar com o clube. Mas a situação é complicada: o dirigente tem contrato com o Internacional até o fim de 2019, e uma rescisão é considerada difícil. Por outro lado, o clube gaúcho passa por eleição, o que pode abrir o caminho para uma saída.

FLUMINENSE – Ainda não definiu seu treinador para 2019, mas tem nomes em pauta. O presidente Pedro Abad, o vice de futebol Fabiano Camargo e o diretor executivo de futebol Paulo Angioni se reuniram nesta semana e mantêm conversas diárias sobre o tema. O estágio atual é de mapeamento do mercado de técnicos. Nas conversas, nomes como Roger Machado, Dorival Junior, Jair Ventura e Gilson Kleina foram colocados na mesa.No entanto, a diretoria ainda não iniciou contatos com nenhuma das opções. Enderson Moreira e Maurício Barbieri foram lembrados, mas estão empregados respectivamente no Bahia e Goiás.

BOTAFOGO – Tem uma proposta de 4milhões e meio de euros (cerca de 20 milhões) do Genoa, da Itália, mas Matheus Fernandes pode trocar a Europa para jogar no Palmeiras. O GloboEsporte.com apurou que os clubes, que já vinham conversando sobre a permanência ou não de Erik em General Severiano, abriram negociação também pelo volante de 20 anos, titular há duas temporadas, terceiro maior ladrão de bolas do Campeonato Brasileiro e com convocações para as seleções de base. Internamente, o Botafogo passou a dar prioridade ao Palmeiras pela venda de sua joia, desde que mantenha parte dos direitos econômicos para negociações futuras e continue com Erik em 2019. Emprestado na reta final do ano, o atacante foi um dos destaques e virou prioridade do Alvinegro.

VOLTAÇO – A Confederação Brasileira de Futebol divulgou, no dia passado, o Ranking Nacional de Clubes 2019, que considera as participações das equipes em competições realizadas nos últimos cinco anos. O Volta Redonda se manteve na 61° posição, com 1.592 pontos, concretizando um crescimento de 58 posições nos últimos quatro anos. Em 2014, o Voltaço ocupava a 119° posição, com 379 pontos. Em quatro anos, conquistou dois títulos inéditos, a Taça Rio e a Série D, que é a maior conquista do clube. Conseguiu também se manter na Série C por dois anos consecutivos e, com essa consolidação em competições nacionais, a tendência é continuar subindo, apesar da luta pelo Poder entre os dirigentes, que prejudica o planejamento para 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *